6.2.08


Agarrei no ar...



Agarrei no ar um véu
esmaecido de azul,
igual ao azul do céu
iluminado pela lua.

Eu passo a vida a sonhar
iluminado pela lua.


Ruy Cinatti (poeta timorense)