13.4.08

O fogo está aceso


O fogo está aceso:
noites longas fugitivas —
das guerras longas profícuas...
as vitórias são breves
e nascem como nasce o sol.
Este fogo é para os pobres...
portanto, deixei rugir os ursos
com a fúria do cataclismo
em todo mundo —
pois se endireitam os dorsos
dos pobres do mundo!
O fogo está aceso:
na africanização das estruturas
nos homens,
nas leis.

Ngudia Wendel (poetisa angolana)